CUOTIDIANO

sexta-feira, janeiro 19, 2007

Diálogo ecuménico

Estava um dia de Sol em Roma. Aproveitando esse facto, o Papa foi à varanda experimentar um chapéu novo. Chamou o seu secretário.

- Ouve lá, que tal me fica?
- Mais ou menos, Vossa Santidade.
- Mais ou menos, o que é que isso quer dizer?
- Mais ou menos, é isso, é que esse chapéu é assim... (como dizer?) um pouco... apalhaçado, é isso, apalhaçado.

O Papa não se conteve e deu-lhe duas galhetas na cara, embora estivesse mais inclinado em dar-lhe no rabo (as galhetas, claro). E perguntou:

- Então, agora já te parece melhor?
- Sim, Vossa Santidade.

No dia seguinte, nos jornais, a notícia surgiu, divulgando que o Papa impunha a sua opinião pela violência e não convencendo pela razão.

O Vaticano desmentiu, dizendo que o acontecimento tinha sido mal interpretado e que o Papa apenas tinha tentado promover o diálogo entre diferentes convicções.

Ainda hoje o secretário está à espera do pedido de desculpas - ou, ao menos, de uma palmadinha no rabo.

Ah, é verdade, o chapéu era horroroso, só melhorando se usado em conjunto com uma saia plissada bordeaux.

1 Commenários:

  • Cenário : - Um turista americano atarefadissímo a tirar fotos junto à Praça do Vaticano.

    Eis que chega um mozetasso à cata de umas moeditas para sustentar vicios antigos:

    «- Eh! Psstt... Turista! Americano! Psstt! Vogli una piccolla donna multo buona? Cinquenta euros! Uma ragazza piu bella che Claudia Cardinalle!»

    « - No, thanks, I just want to take pictures. I rather prefer to see the Pope!»

    « - Psst...Il Pope non mas...un Cardinalli....?!»

    (Sexus ecuménicus - a vontade de faire plaisir à tout mes amis)

    El Madrigal na cidade eterna

    By Anonymous madrigal, at 20 de janeiro de 2007 às 12:08  

Enviar um comentário

<< Home