CUOTIDIANO

quinta-feira, novembro 16, 2006

A primeira página do "Público" de 15 de Novembro


“Banco de Portugal ainda está pouco confiante no fim da crise” – E se um banco está pouco confiante, o que diremos nós, os tipos que os bancos espremem?

“José Veiga demite-se do Benfica após arresto judicial dos bens” – Ainda tentou trocar a penhora do sofá da sala, da cama da filha e do magnífico alvo dos dardos com a cara do Pinto da Costa pela penhora dele mesmo (aos gritos “larguem, larguem tudo e levem-me antes a mim!”) mas os funcionários do tribunal não aceitaram, com o argumento de que “esse gajo não vale um chavo.” E como contra factos não há argumentos, lá foi o pobre do Veiga dormir a sesta para a banheira... que só será arrestada para a semana.

“Iraque: Oficiais detidos após sequestro de 150 civis” – Já não bastavam os bombistas e os raptores de carreira, agora também as “forças da ordem” dão uma ajuda? Bom, mas isto não tarda nada deve acalmar, porque já não falta muito para que não sobre ninguém para raptar ou matar. Aliás, está-se mesmo a ver que, após racionamentos de gasolina e bens alimentares, a seguir vai haver racionamento de vítimas (como há nas pescas da União Europeia...), do tipo “desculpa lá mas esta semana vocês não podem explodir mais nada – já excederam a vossa quota-parte. Hoje é o nosso grupo. Com licença. BUM!”

“Judiciária lança operação contra rede de branqueamento de capitais” – ... Mas prendam já aquele gajo do “Tide”! – está sempre a fazer propaganda dizendo que, com ele, toda a sujidade desaparece logo, que consegue poupar imenso dinheiro e que “branco mais branco não há!”. Meus amigos, há que ler nas entrelinhas...

“Ensino: Adultos podem obter o 12º ano sem ir à escola” - Acho que deveriam estender este programa também às crianças – para o pouco que se aprende nas escolas, nem vale a pena lá ir. Já agora, aboliam-se os professores (o dinheirão que se poupava...) e, ao menos, os putos não saberiam elaboradas técnicas de insulto e cacetada.

“Al-Jazira em inglês começa hoje a emitir à escala global” – Ai querem impingir-nos os seus valores? Então vinguemo-nos, dando-lhes o que de melhor tem a cultura ocidental - passe-se a emitir as manhãs da TVI em árabe! (o que traria a vantagem adicional de passar a haver menos portugueses a estupidificar).

“Sua Majestade encontrou o seu novo agente secreto” – ... E já se encontrou secretamente (e a sós) com ele ontem à noite. “My name is Bunda, Queen Bunda”, terá dito a rainha quando ele entrou no quarto.

3 Commenários:

  • Usemos pois Manuel José Goucha como arma de destruição maciça de mentalidades... Bem pensado! :-)
    [Ou isso é na "sick"?...]

    By Blogger APC, at 16 de novembro de 2006 às 02:55  

  • * Manuel Luís Goucha, perdão
    Ah... E o língua-de-trapo do Nuno Ramos, ou lá o que ele é!. E, já agora, o resto da maralha, e faz-se um desconto de quantidade. Deixem o Júlio Isidro, que sempre faz parte do nosso imaginário infanto-juvenil, já é cá da casa.

    By Blogger APC, at 16 de novembro de 2006 às 02:59  

  • Caro amigo.

    Agora um dos meus blogueiros predilectos virou comentador de jornais? Não nego que és suficientemente acintoso, e tens humor corrosivo qb, para que a coisa saía com verve. E gosto muito de te ler.

    Mas, caro Cuotidiano, e o texto? A criação literária? A construção frásica que nos desgasta e corrói horas a fio, tal como a labuta de um mecânico debruçado sobre o capôt de um carro, munido apenas de uma lâmpada e de chaves inglesas, sujo de óleo até à medula, noite dentro, procurando montar as peças; àvido por ouvir o motor ronrronar, ainda que já só manhã alta?!..

    Convence a tua amiga APC, que, tal como tu, escreve maravilhosamente bem - faço-lhe uma vénia! - a não matar o seu blog no dia do Menino Jesus! De certeza que Ele não quereria tal acontecimento como oferenda.

    Tu sabes, eu sei, a APC tb, que o MJ(Menino Jesus) só aceita prendas de Reis Magos. Tudo o resto é passível de colecta em IRS ou, pior, indicios de corrupção passiva...

    Um abraço para ti e um jinho para a APC

    El Madrigal

    By Anonymous madrigal, at 21 de novembro de 2006 às 21:53  

Enviar um comentário

<< Home