CUOTIDIANO

terça-feira, abril 24, 2007

Ainda a propósito do massacre da Virgínia

Segundo as leis do Estado da Virgínia, a partir dos 12 anos já é possível comprar-se uma arma. No entanto, não se pode (uau!) levá-la para a escola. Curiosamente, segundo a Associação dos Proprietários de Armas Norte-Americanos, esta última restrição é que provocou o massacre! Porquê? Porque se os outros putos estivessem armados, rapidamente o assassino teria sido morto por um outro aluno qualquer. Argumentam esses iluminados que, com essa limitação, "as escolas da nação ficam à mercê de loucos". Fantástico!

Mas não será que, afinal, é o próprio país que está à mercê de loucos que governam e fazem leis – uns às claras, outros nas sombras - , e que têm poder, dinheiro, influência? E não será que, bem vistas e analisadas as coisas, esses loucos é que são os verdadeiros assassinos por detrás do adolescente (completamente perturbado) que fisicamente cometeu o crime?

Bom, mas seguro, seguro era fechar as escolas todas – nunca mais haveria assassinatos destes e, como bónus adicional, ficavam todos ainda mais ignorantes. Repare-se que não estou a fazer mais do que aplicar o mesmo tipo de teoria exposta por Bush, o Grande Iluminado, aquando dos enormes fogos florestais na América, há dois anos atrás, quando esse grande... qualquer coisa dizia que a solução para acabar com aquele flagelo seria abater mais florestas!

... 'bora aí todos parar de respirar para ver se nunca mais ninguém tem uma doença respiratória, boa?!

Vá – 1, 2, 3, começou!
...

...

...

Ainda aí estão? Batoteiros... vou dizer ao Bush!

Etiquetas:

3 Commenários:

  • Na verdade, um pré-adolescente não revela ainda a experiência suficiente para fazer uso de uma arma de fogo, mas isso é apenas uma questão de educação, facilmente sanável se começar de pequenino, logo no berço, a ter contacto com uma. O excesso de zelo é que anda a estragar os nossos jovens.
    Cada vez mais são protegidos e atrofiados, já pouco se lhes bate, não saem de casa antes dos 30, não os deixam usar armas na infância, enfim... Onde é que isto vai parar? Um destes dias um jovem quer dar uma coronhada mais a sério num prof e tem que magoar os ossos da mão, por falta de instrumentália adequada. Não só o Estado não investe, como a legislação não acompanha as necessidades actuais.
    Por fim, e consubstanciando uma contradição brutal, por um lado desde cedo as crianças vêem filmes em que os seus heróis matam outros tipos, mas, por outro, estão banidas de o fazer, o que suscita, inevitavelmente, traumas nefastos para o seu desenvolvimento emocional.

    Dr. Virgínia Mass Acre (PhD)

    By Anonymous apc, at 25 de abril de 2007 às 02:21  

  • Hum... Ficavam mais igorantes, votavam mais no Bush.... Já agora, desculpa a intromissão... Cheguei ao teu blog pelo de miúda e gosto, por isso ando sempre a cuscar :)

    By Blogger Kalimera, at 25 de abril de 2007 às 11:30  

  • Eh, eh!!!Arranjei-te mais uma fã!
    Ah, e podes dizer ao Bush que eu sou batoteira e ainda aqui estou!
    Quanto ao Sr.Bush e aos seu país de contrastes:
    "The land of opportunities includes everything, even getting a bullet in the middle of the eyes!"

    By Blogger a miúda, at 28 de abril de 2007 às 02:47  

Enviar um comentário

<< Home