CUOTIDIANO

quinta-feira, maio 17, 2007

Lendo o "Público" (16/5/2007) - “Bebé de dez meses obtém licença de porte de arma nos Estados Unidos”

“Aos dez meses de idade, Howard David Ludwig ainda não fala, não come sozinho e não anda, mas as autoridades do estado norte-americano do Illinois consideram que ele já é suficientemente crescido para ter licença de porte de arma. O documento mostra a fotografia da criança e um rabisco infantil no lugar da assinatura e atesta as suas medidas: 67 centímetros de altura e nove quilos de peso.

A ideia partiu do pai de ‘Bubba’ (como é tratado em família), Howard Ludwig, que preencheu a requisição através da Internet e pagou cinco dólares. A emissão deste documento é da responsabilidade da Polícia Estadual do Illinois, cujo porta-voz disse que não foi estipulado qualquer limite mínimo de idade para a requisição do documento.

Apesar de ter obtido o cartão que o autoriza a disparar uma arma de fogo, o pequeno "Bubba" terá que esperar até aos 18 anos para poder comprar uma caçadeira e até aos 21 para comprar um revólver.

Mas esta imposição não será um problema para o pequeno atirador de fraldas — o seu avô já lhe ofereceu uma Beretta, que terá autorização legal para experimentar mal tenha forças para lhe pegar.”


No entanto, apesar de já ser considerado suficientemente responsável para dar tiros, o pobre coitado ainda vai ter de esperar mais de 15 anos para que possa conduzir e para cima de 20 para beber uma cerveja sem se arriscar a ser preso – e depois não querem que as crianças fiquem traumatizadas e se comecem a matar umas às outras nas escolas... francamente!

Etiquetas:

5 Commenários:

  • De pequenino se torce o pepino!!!
    :p
    *
    L (sem tempo)

    By Anonymous Anónimo, at 18 de maio de 2007 às 00:20  

  • E fumar, coitadinho? Pode? No pátio? Vai apanhar friinho no tutu... Deus queira que a brincar com balões não o confundam com um terrorista. Quando for grande é eleito presidente dos ilinuás, que lindo!

    By Anonymous Anónimo, at 18 de maio de 2007 às 16:32  

  • Foi uma "cuoisa" que me apeteceu, comentar a notícia do pobre coitado:).
    Francamente é suficiente para comentário, o resto deveria vir das mais altas instâncias, algo que alterasse a lei ou a ausência dela!

    Até!

    By Anonymous alexia, at 19 de maio de 2007 às 18:01  

  • Cá em Portugal ainda se arriscava a ter de esperar 13 anos para frequentar um restaurante...

    By Blogger CaCo, at 21 de maio de 2007 às 19:30  

  • Com tantas proibições (e esqueceste-te do cigarrinho) não admira que a vá achar algo de "proveitoso"!

    Haja paciência!!!!

    Boa semana! :)

    By Blogger Alexandra, at 21 de maio de 2007 às 23:38  

Enviar um comentário

<< Home